terça-feira, 5 de maio de 2015

Opinião: O Meu Nome É... de Alastair Campbell


Título: O Meu Nome É...
Autoria: Alastair Campbell
Editora: Bizâncio
Nº de Páginas: 304

Sinopse:

Hannah tem 17 anos e bebe para se sentir melhor. Por um momento. Depois, a dor de alma regressa, mais intensa. Esta é a história da adição de Hannah. O desenrolar da história através dos relatos de cada uma das pessoas que rodeiam Hannah durante a sua espiral de autodestruição dá ao leitor uma panorâmica completa do que é a vida junto de um alcoólico vulnerável e em negação.






Opinião: 

Esta é a primeira obra que leio do autor e foi enviada pela Editorial Bizâncio e agradeço desde já esta disponibilidade.

A personagem principal, Hannah, tem apenas 17 anos e já é uma alcoólica. Hannah teve de passar pelo divórcio dos seus pais, ficando a mãe com a sua guarda e da irmã e o pai se tornar bastante ausente.
Esta nossa personagem começa a beber e sente uma necessidade de beber todos os dias mas nega que tem um problema com o álcool.

Cada capítulo é o ponto de vista de alguém que esteve presente na vida de Hannah desde o seu nascimento o que nos dá uma ampla visão das coisas.

A escrita de Alastair é fluida que prende o leitor da primeira à última página. Para mim apenas os primeiros capítulos é que foram mais custosos de ler. A partir daí não queria parar. Em suma é um livro fantástico para todo o tipo de leitores.

Sem comentários:

Enviar um comentário